Páginas

25 de out de 2012

Magalicius


Quando quer usar vermelho, se produz no espelho e sabe que vai conseguir ter o mundo aos seus pés
Quando quer usar vermelho, quer ser mulher, forte, sedutora, guerreira.
Quando quer ser meiga, coloca uma fita na cabeça e continua com o mundo aos seus pés.
Quando quer ser meiga, faz "beicinho", quer ser frágil, e ser querida.
Quando quer ser amiga, dá conselhos sobre tudo, xinga e defende e continua com o mundo aos seus pés
Quando quer ser amiga, aponta o erro e nos ajuda a crescer.
Quando quer ser baiana, fala bahea minha porra, e continua com o mundo aos seus pés
Quando quer ser baiana, tem o olhar carinhoso, e um calor no falar que deixa qualquer um arretado.
E ainda se pergunta, como fez pra ter o mundo aos seus pés.
Sem querer, sem poder nem perceber
Quando quer ser a Maga e ter tudo isso, só precisou nascer.


Releve erros de concordância  rimas mal feitas e bestas. A verdade é que não consegui passar nem um por cento do que acho da sua personalidade. Devo consertar isso haha, de madrugada ostra cansada não produz pérola.
Tinhamo Magalinda 

Nenhum comentário:

Postar um comentário